Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rostos Santacombadenses

... dar voz aos filhos de Santa Comba Dão!

Rostos Santacombadenses

... dar voz aos filhos de Santa Comba Dão!

Margarida de Oliveira Marcelino

ti margarida do outeirinho.jpg

Margarida de Oliveira Marcelino nasceu em Santa Comba Dão a 25 de Abril de 1883. Filha primogénita de Luís Marcelino e Emília Soares [casados em 23 de Junho de 1882] teve quatro irmãos: Patrocínia, que casou com Joaquim Varela, Rosa, que casou com Augusto Dinis, Alfredo que casou com Ana [do Mole] e José que rumou a África desconhecendo-se pormenores da sua vida [teria gerado uma filha].
Margarida Marcelino casou com Elísio Alves Ferreira [Luta] e o casal montou residência na Rua do Outeirinho em casa que construiu e que ainda está na posse dos herdeiros. O casamento gerou seis filhos, todos do sexo feminino: Ludovina que veio a casar com António Morais, Conceição que casou com Zé Pais da Costa, Glória que casou com Zé Maria Pinho, Emília que veio a casar com Jorge Gomes, Casimira que casou com Vítor Correia Pinto e Rosa que veio a casar com Zé Neves.
Ti Margarida do Outeirinho, como era conhecida, deixou a lembrança de uma boa mãe e avó querida e de mulher lutadora que não se deixou abalar com a viuvez precoce acontecida em 1936. Partiu com a satisfação do dever cumprido em 17 de Dezembro de 1960 com 77 anos. A sua imagem de mulher vestida toda de negro com acentuada curvatura da coluna [lordose] perdurará na memória dos tempos.

Margarida Marcelino no facebook