Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rostos Santacombadenses

... dar voz aos filhos de Santa Comba Dão!

Rostos Santacombadenses

... dar voz aos filhos de Santa Comba Dão!

Manuel Rodrigues Coimbra

doutor taborda.jpg

Entre família e os mais próximos, Mnuel Rodrigues Coimbra era na sua juventude conhecido como "Nelito", mas está eternizado na história do burgo como Taborda, doutor Taborda, alcunha que lhe foi aposta nos tempos de estudante em Coimbra quando cursava Medicina. A origem da alcunha ultrapassa-nos mas sabemos da razão da sua existência: uma forma de ludibriar a mãe Lusitana que não via com bons olhos o filho Manuel praticar futebol, receosa que estava de que a bola lhe atrapalhasse os estudos. A alcunha enraizou de tal forma que nunca mais o largou, passando a ser um complemento do próprio nome e transmitindo-se aos filhos e até à esposa. O incógnito Taborda fez a sua estreia com a camisola negra da Académica de Coimbra no dia 3 de Dezembro de 1944 frente ao SL Benfica e o registo do último desafio pela Briosa data de 11 de Janeiro de 1948. É de acreditar que esta etapa futebolística na vida do então Nelito Taborda tenha motivado os seus amigos do torrão natal a fundar os Pinguins do Dão, agremiação desportiva santacombadense surgida naqueles últimos anos da década de 40 ou princípios dos anos 50 e que se apresentava também vestida toda de negro certamente por influência das capas dos estudantes de Coimbra. Uma Académica por terras do Dão, atrevemo-nos a considerar. Taborda era um dos futebolistas e costumava trazer consigo alguns colegas e amigos de Coimbra, "bons de bola", para dar uma ajudinha ao clube que foi o percussor do actual Desportivo Santacombadense. 
O Dr. Manuel Rodrigues Coimbra licenciou-se p'la Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra em 1953 e iniciou de imediato a sua carreira médica no Hospital da Misericórdia da então Vila de Santa Comba Dão. Posteriormente especializou-se em estomatologia, especialidade médica que estuda e trata as doenças da boca e dentes. Além de clínico geral praticava também clínica dentária. Falar da sua vida profissional foge do alcance do presente texto, mas em tempos em que as distâncias entre classes elevavam o acanhamento perante o médico, sempre ouvimos as gentes considerar o popular Dr. Taborda como o médico do povo.
Filho de Francisco Coimbra e de Lusitana Ferreira, a "Garrana", Manuel Rodrigues Coimbra nasceu no ano de 1923 na ditosa Santa Comba Dão. Casou em 1951 com Maria Luísa Miranda, a também popular D. Luisinha Taborda, nascida em 1930 no Rojão Grande. Do casamento nasceram dois filhos, Hugo e Manuel João [Nelo]. O Dr. Taborda faleceu em Setembro de 1981 e D. Luísa faleceu em 2011.
A autarquia santacombadense homenageou a memória do Dr. Manuel Rodrigues Coimbra, Taborda, atribuindo o seu nome a rua na antiga Feira, perto da casa onde residia, curiosamente [ou talvez não] em artéria que dá acesso ao antigo Hospital hoje Unidade de Cuidados Continuados [UCC].
... dados fornecidos p'la neta Lusitana Coimbra.
Manuel Rodrigues Coimbra no facebook